Demasiado Depressa

O tempo voa, e ainda mais quando nos estamos a divertir....há algo mais clichê do que isto?
Bem, é-me um pouco indiferente, visto que não é o caso. O meu ultimo som (quem ainda não o ouviu, aproveite para o fazer) não era para acabar como acabou. Na realidade, era simplesmente para ser este som, que vos mostro agora, mas, à falta de mais inspiração, decidi acaba-lo demasiado depressa para passar a outras coisas. 
Voltando, mais tarde, a ouvir o tema, achei engraçada a ideia de continuação que falsamente transmite, antes de acabar abruptamente.
Para os mais atentos, sim, a bateria e baixo são os mesmos do "A Fealdade do Ser".

video
 

Mensagens populares deste blogue

RESET - Toda a Verdade

Sir Scratch - Eternamente (st-bandasonora remix)

Molha-te