Sentido no proibido

O que é um "amor proibido"?
Para mim foi uma relação (seja o que isso for) que, apesar dos sentimentos, sabia à partida que não tinha grande futuro. (Quem conhece sabe)
Apesar dos bons momentos, no verão de 2008 foram gravadas as "Memórias de um amor proibido", por cima do instrumental "Quando a saudade aperta" (produzido por Sam the Kid, retirado do "Beats Vol.1 - Amor") editado a meu jeito.
A letra diz tudo o que queria ter dito e ainda mais, talvez sendo por isso das minhas músicas mais ouvidas. 
Podem (mais uma vez) encontrar a música na compilação "Resumo", como parte da mixtape "Banda Sonora", disponivel para download gratuito na pagina da "Música".


Letra:
Sei que disse muita cena da boca pra fora
E te magoei com a mesma boca que te beijava outrora
Lembro as horas a falar, as noites sem arrochar
E com as luzes desligadas vimos tardes passar
As conversas sem horas certas, atrofios, muitas promessas
As secas à tua espera, fui atingido com a tua seta
Quando nada mais interessa lembro do primeiro encontro
Primeiro abraço, primeiro beijo
Desejo-te e não o escondo
Agarrados no parque, e o ataque das pitas?
Picas-me quando te afastas, agarras-me nas despedidas
E quando partias ligava-te logo a seguir
2 minutos e meio, não conseguia resistir
Tens mesmo que ir? Espera só mais um bocado
Deixa-me mal habituado, com o teu olhar hipnotizado
Tirar pedaço é pecado? Isso faz de mim um pecador
Apesar de ser errado necessitava do teu calor
E não me arrependo de te ter feito perder comboios
Ter olhado nos olhos e dizer que te adoro
E por isso não choro, quando olho para trás
Teremos sempre as memórias, mais as boas que as más...

Mensagens populares deste blogue

RESET - Toda a Verdade

Sir Scratch - Eternamente (st-bandasonora remix)

Molha-te